Ele morre, mas ele volta! Sol em Escorpião!

O Sol entra em Escorpião e numa longa conversa recentemente, um ou dois posts anteriores a esse, expliquei que Escorpião é o que é, porque Escorpião é o avançado do outono no hemisfério norte anunciando o temido inverno, em que o frio tenebroso vem, o Sol some, a vegetação morre e a neve branca traz o “inferno”…! Inferno, o ponto de mínimo brilho do sol.

Por isso, Escorpião é quem mata o Sol, mata “a ideia de paraíso sobre a Terra” que o Leão, o Leonino, regido pelo astro rei, desfruta de maneira tão natural e vital. Escorpião “mata a festa”. Para quem nasceu num país sem neve, que tem sol de dezembro à dezembro em hemisfério sul é facílimo se esquecer por completo que todo o simbolismo da astrologia vem simplesmente da vivência do “todo dia” de “estação à estação”, de “ano a ano”, NO HEMISFÉRIO NORTE, de um tempo sem aquecimento, em que o inverno significava a falta de alimentos, o próprio inferno! De um tempo muito antigo, em que homem, céu e terra eram um pacote bastante encadeado. Fica facílimo esquecer que astrologia não é um enredo inventado e que simbolismos não nasceram da imaginação.

Os simbolismos nasceram da realidade da relação Terra-Sol-Lua-e-todos-os-planetas muito estreita. Todos os simbolismos e todas as mitologias e contos de fada e histórias “de valor” para o desenvolvimento da consciência humana nasceram de eventos astronômicos-astrológicos observados, vivenciados, e entendidos há milênios….!

Assim, que não há nada sobre cada signo que não seja uma vivência na Terra de um evento no Céu. Por isso, Escorpião mata “o Sol”, mata a alegria de viver, porque é o outono avançando para o temido inverno…e o renascimento só vem em Áries na primavera. Por isso, Escorpião traz em si a morte e a semente do renascimento.

E isso acontece dentro da psique de todos nós. Todos somos “assassinados” de alguma forma ao longo da vida, vivemos alguma coisa terrível ao longo da vida e ou “morremos” para as alegrias da vida, ou superamos a coisa e renascemos e cumprimos assim o ciclo celestial dentro de nós mesmos! Aí vemos no mapa de uma pessoa como ela vivencia escorpião e Áries. Será que ela renascerá em Áries, após a morte em escorpião e voltará a viver as “benesses” do Sol em Leão? E assim a banda toca, a vida roda, o céu vai e vem e os destinos vão sendo tecidos! Amém!

ADRIANA MARANHÃO . ASTRÓLOGA |
Especializada em Nomeação, Orientação Vocacional,
Planejamento Profissional e Qualidade de Vida.
Consultoria: www.adrianamaranhao.com
Tel:(21) 982246260 |Twitter: /StudioAdrias
Facebook: /astrologa.adriana.maranhao

Autor: ADRIANA MARANHÃO . ASTRÓLOGA

Astróloga, Numeróloga e Analista de Nomes. Especializada em Nomeação, Orientação Vocacional, Planejamento Profissional e Qualidade de Vida. Certificada em Ayurveda e Yoga com larga experiência anterior no ensino de Meditação. a.astrologa@adrianamaranhao.com | Rio de Janeiro: (21) 982246260 | Atendimentos Presenciais e Atendimentos Online Via Skype (adrias333) | Blog: www.adrias.info | Consultoria: www.adrianamaranhao.com