ADRIAS` INSIGHTS, Astrologia, Cidades, Lua, Peixes, Reflexões & Vivências by Adrias

Vivências de Véspera de Carnaval e véspera de lua nova em Peixes, numa cidade pisciana!

 

Shiva in Rio! Shivaratri 2014.
Raios de Shiva no final da tarde, véspera de carnaval 2014, véspera de Lua Nova em Peixes, Rio de Janeiro Brasil. Foto Luis Florit , Rio de Janeiro.

Lua em Peixes na cidade Pisciana-Rio!  Voltando de uma experiência over piscis!  Do mar à Lagoa, de sul à norte, na rua transversal de Ipanema que vem da praia….tudo é possível, as experiências do mais longínquo turista estrangeiro até as realidades mais sofridas de moradores carentes, a rua abraça tudo.

Na esquina desta rua com a rua principal de IPanema, tomei um cafezinho, na birosca mais barata do Rio, e ao meu lado tres garotões conversavam. Turistas. com celulares ligados a uma outra placa…e sobre dicionários enormes de papel. Sim, os celulares e as placas estavam sobre os dicionários.

O tipo étnico indicava…asiáticos, e a língua também…mas …de onde? “where are you from?”  Claro que perguntei e para minha surpresa, conversaram comigo como se fosse totalmente “locais” engataram conversa. São de Taiwan…a qual eu respondi…”Taiwan, where everything is made”…o que ele rindo e sorrindo prontamente me respondeu, now it is China where everything is made. Super tagarelas o pessoal de Taiwan. Tão de longe, tão de perto, tão familiares, dados a conversinha fiada, tão cariocas. risos.

Logo adiante, diante de uma lindíssima loja de decoração, de um arquiteto famoso, na mesma rua….um sorveteiro caído no chão na porta da loja. Ninguém fazia nada, eu não sabia o que fazer e resolvi fazer o bem com o chapéu do outro.  Entrei na linda loja, chamei o charmoso gerente e avisei sobre o sorveteiro, que podia até estar morto, na porta dele.

O gerente prontamente foi ajudar e eu dei as coordenadas…disse para levar o sorveteiro no bar da frente dar uma refeição e dinheiro para ele voltar para casa. Fiz o bem com o chapéu do outro. O sorveteiro certamente carioca de longe, longe, longe!  Consegui chegar na Lagoa, onde Shiva se fez presente. Tudo cinza e a tão desejada chuva já se formando. Ao mesmo tempo…

Um sambão daqueles de bateria de Padre Miguel soava aos berros na tão glamurosa Epitácio Pessoa.  Tudo isso ao mesmo tempo! Porque Peixes permite todos os disparates, antagonismos, oposições, contradições, e etc e tal ao mesmo tempo…sempre! O que quero dizer? Que Peixes abarca esta infinidade de elementos ao mesmo tempo, incluindo elementos de origens muito distantes, também se refere aos desprivilegiados, aos sofridos da vida, aos carentes e os humildes. E numa única rua, tudo pode acontecer, numa cidade pisciana!

Estou te escutando! Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s